Phone: (87) 8832.4454  |  (87) 9138.2464

edson novo2

VEREADORES1

JRLOCACOES 27 05

VEREADORES5

tressertoes-21-11-14

VEREADORES6

NAIZNHO TENDTUDO

VEREADORES4

ceinaomotel

Banner Sertao Central 600x150px

radio

OUÇA AO VIVO

asabranca

    
     

izabela-06-07-17

izabela arquiteta 06 07 17

SECON-18-02-17

secon

paisemestres hercilios

FPSEGURANCA ok

modaintima-novo

gabymodas-LOJA

gaby anuncio galeria OK

irmaos 1A madrugada e manhã desta sexta-feira (7) foram marcadas pela dor do casal que perdeu os três únicos filhos eletrocutados em um acidente na própria casa em Petrolândia, na região do Vale do Itajaí. Por volta das 7h, a comoção dos mais de 40 familiares e amigos foi grande durante o velório de Igor, de 4, Vinícius, de 6, e Schaiani Medeiros, de 14 anos, na Igreja Evangélica da comunidade de Rio Antinha, interior do município.

De acordo com o bombeiro Jorge Mancila, do Corpo de Bombeiros de Ituporanga, que atendeu a ocorrência, as crianças morreram ao encostar em uma cerca que foi eletrizada por um fio desencapado no fim da tarde de quinta-feira (6). A casa fica na localidade de Pinhal, na zona rural da cidade.

Segundo o relato do pai das crianças aos bombeiros, o cabo, que abastecia energia para a bomba de um poço artesiano do quintal do sítio onde residiam, encostou na cerca. O fio de energia ficava paralelo aos arames da cerca, separado por uma ripa de madeira. A divisória cedeu e um ponto de dois centímetros desencapado encostou no metal. Os bombeiros calculam que a energia de 220 volts se espalhou para toda a grade.

Irmãos de 4, 6 e 14 anos morrem eletrocutados na cidade de Petrolândia, em SC (Foto: Reprodução/RBS TV)Pais perderam os três únicos filhos
(Foto: Reprodução/RBS TV)

Segundo a polícia, uma das versões possíveis de ter ocorrido é que os irmãos brincavam no pátio de casa quando Igor, de 4 anos, foi buscar uma bola. Vinícius, de 6, teria tentado socorrê-lo, mas também foi eletrocutado. O mesmo teria ocorrido com a irmã, Schaiani, de 14. O corpo dos dois meninos estavam de um lado da cerca e o da menina, do outro. Todos os três faleceram no local.

Segundo os bombeiros, o ponto onde teria ocorrido o acidente ficava a mais de 20 metros do local onde o fio desencapado encostou na cerca. O choque foi a menos de 6 metros da casa da família. A primeira a encontrar as crianças sem vida foi a avó materna, por volta das 18h. Abalada, chamou o marido e depois os pais dos menores.

Os corpos das crianças foram levados para dentro da casa. Os bombeiros de Ituporanga chegaram ao local às 18h58. Os bombeiros tentaram realizar o procedimento de reanimação cardíaca, sem sucesso. A Polícia Civil, Militar e Instituto Médico Legal (IML) também foram ao local.

Fio desencapado acabou eletrizando toda a cerca do sítio da família. (Foto: Douglas Márcio/RBS TV)Fio desencapado acabou eletrizando toda a cerca
do sítio da família (Foto: Douglas Márcio/RBS TV)

Os corpos foram liberados às 3h30 do IML de Rio do Sul e encaminhados para a igreja. A família preferiu não se pronunciar sobre o caso. O enterro ocorre a partir 17h no cemitério da cidade.

Investigação 
As Polícias Civil de Petrôlandia e de Ituporanga ficarão responsáveis pela investigação do caso. Segundo o delegado Paulo Cesar França, a partir desta sexta serão ouvidos vizinhos e familiares das crianças. Uma perícia inicial foi feita na noite de quinta no sítio da família.

"Há uma situação de relapso culposo, pela família não ter o conhecimento do fio desencapado sobre a cerca e o perigo que poderia causar", relatou. Segundo ele, a parte desencapada do fio já possuia remendos de fita isolante. Entretanto o delegado não acredita em indiciamento neste primeiro momento. 

fonte: G1

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Temos 2113 visitantes e Nenhum membro online

Contate-nos

Para anúncios, envio de notícias ou outras informações, contate-nos pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou clique >aqui<e retornaremos o mais breve possível.

Top of Page