Phone: (87) 8832.4454  |  (87) 9138.2464

edson novo2

VEREADORES1

JRLOCACOES 27 05

VEREADORES5

tressertoes-21-11-14

VEREADORES6

NAIZNHO TENDTUDO

VEREADORES4

ceinaomotel

Banner Sertao Central 600x150px

radio

OUÇA AO VIVO

asabranca

    
     

SECON-18-02-17

secon

paisemestres hercilios

FPSEGURANCA ok

modaintima-novo

gabymodas-LOJA

gaby anuncio galeria OK

image

Mais uma ação de fiscalização do Sistema Adutor do Sertão foi realizada na última semana, como parte da Operação Água Legal. Entre os dias 12 e 16 de novembro, a equipe da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), acompanhada pela Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga (CIOSAC), realizou buscas por ligações clandestinas no sistema, no município de Cabrobó, no Sertão Central.

Nessa ação, treze desvios clandestinos de água foram encontrados em trechos da adutora, entre Cabrobó e a Serra de Monte Santo, no mesmo município. “Quando observamos a redução de vazão na chegada das Estações de Tratamento de Água (ETAs), solicitamos apoio policial para fiscalização nos trechos de difícil acesso das adutoras. Os desvios são utilizados para irrigação de culturas diversas, acarretando déficit na produção de todo o sistema de abastecimento d’água”, explicou o gerente Regional do Sertão Central, Januário Nunes.

Atualmente, a Adutora do Sertão possui uma vazão de 310 litros por segundo na chegada da Estação Elevatória de Monte Santo. O sistema é responsável pelo bombeamento d‘água para distribuição nos municípios de Salgueiro, Serrita, Terra Nova e Verdejante, atendendo cerca de 105 mil habitantes. A Operação Água Legal, que teve início em 2012, com o objetivo de fiscalizar e suprimir desvios clandestinos de água no Sertão do estado, até o momento encontrou e corrigiu 151 irregularidades no Sistema Adutor do Sertão.

www.sertaocentral.com

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Temos 456 visitantes e Nenhum membro online

Contate-nos

Para anúncios, envio de notícias ou outras informações, contate-nos pelo email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou clique >aqui<e retornaremos o mais breve possível.

Top of Page