Ciro Gomes chama Sérgio Moro de “ladrão e desonesto”

Após retomar sua pré-campanha eleitoral, Ciro Gomes (PDT) comentou, durante sua passagem neste fim de semana no Ceará, que o ex-ministro Sérgio Moro (Podemos), não será eleito porque a população não vai eleger um desonesto. “O povo brasileiro não vai botar um juiz ladrão e politiqueiro para administrar uma economia como a nossa”, disse.

Segundo a revista Ceará, o político ainda soltou que o juiz é despreparado para o cargo, além de ter traído a magistratura. “Um juiz que, traindo seu compromisso da magistratura, de julgar, tira um político da disputa e, antes da eleição, aceita se aliar a outro político que foi beneficiado pela exclusão daquele outro político que ele condenou. Isso é uma lesão moral que explica que essa é uma pessoa profunda e definitivamente desonesta”.

Vale lembrar que, tanto Ciro, quanto Sérgio, disputam a terceira via, ou seja, eleitores que, inicialmente, não pretendem votar em Lula ou Bolsonaro para as eleições presidenciais de 2022. O atual presidente, no entanto, segue sem partido após o Partido Liberal (PL) adiar a filiação do direitista.

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

Recém criada o grupo teatral estreia nos palcos com um monólogo estrelado pela atriz, Maria Santorini, a história é uma versão de …

A Assembleia Legislativa de Pernambuco ganhou, pela segunda vez consecutiva, o prêmio Assembleia Cidadã, concedido na 24ª Conferência Nacional da Unale, em …

O campus Salgueiro do IFSertãoPE está com inscrições abertas até o dia 09/12 para 02 vagas de estágio remunerado não obrigatório para tradutor intérprete …

Rolar para cima