Com direitos políticos cassados, ex-prefeito é exonerado da Secretaria de Administração

A prefeita do Cedro, Marly Quental (MDB), exonerou o Secretário de Administração e Planejamento, Neguinho de Zé Arlindo, que também é seu esposo e ex-prefeito do município. A portaria de exoneração foi publicada no último dia 19/03. Com isso, a pasta ficou sem titular.

Em 2018, Neguinho foi condenado por improbidade administrativa e, por consequência, teve os seus direitos políticos suspensos por um período de três anos.  Com os direitos políticos cassados, o ex-prefeito também ficou proibido de ter qualquer vínculo com o Poder Público, sendo assim, não poderia ser contratado pela prefeitura, pelo estado ou pela União.

A restrição foi ignorada por Marly, que no início do seu mandato o nomeou para o primeiro escalão da gestão. Segundo apurado pelo C7, a justiça já havia constatado a irregularidade e preparava uma orientação para alertar a prefeita sobre o descumprimento da sentença judicial. A gestora, então, teria se antecipado e decidiu exonerar Neguinho antes disso

C7 Notícias

Outras postagens