Escolas em Pernambuco não terão mais que manter distância mínima entre carteiras nas salas de aula

Com os números de casos, internamentos e mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em estabilidade, o Governo de Pernambuco decidiu avançar na flexibilização dos protocolos na educação. A partir da próxima terça-feira (16), as escolas no Estado, sendo elas públicas ou particulares, não terão mais que manter uma distância mínima entre as carteiras nas salas de aula. A liberação vale para todos os níveis, da Educação Infantil ao Ensino Superior.

Dessa forma, as instituições de ensino poderão receber todo o quadro de alunos, sem a obrigatoriedade de fazer rodízio entre os modelos presencial e remoto. No entanto, os pais que ainda não quiserem mandar os filhos ao colégio continuam tendo a opção do formato on-line.

O anúncio foi feito nesta quinta (11) pelo secretário estadual de Educação, Marcelo Barros, durante coletiva de imprensa no Palácio do Campo das Princesas, no Recife.

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

Recém criada o grupo teatral estreia nos palcos com um monólogo estrelado pela atriz, Maria Santorini, a história é uma versão de …

A Assembleia Legislativa de Pernambuco ganhou, pela segunda vez consecutiva, o prêmio Assembleia Cidadã, concedido na 24ª Conferência Nacional da Unale, em …

O campus Salgueiro do IFSertãoPE está com inscrições abertas até o dia 09/12 para 02 vagas de estágio remunerado não obrigatório para tradutor intérprete …

Rolar para cima