Hospital Regional Inácio de Sá recebe novas estruturas e abrirá leitos de UTI neonatais e pediátricos

O Hospital Regional Inácio de Sá, no município de Salgueiro, no Sertão pernambucano, teve a capacidade de fornecimento de oxigênio duplicada.

No último final de semana, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) realizou, em parceria com a empresa fornecedora de gases para a rede estadual, a instalação de um novo tanque de oxigênio na unidade. Com o novo reservatório, o armazenamento do gás medicinal passou de 3.960 m³ para 9.780 m³. 

Com a expansão da capacidade de fornecimento de oxigênio, o hospital vai colocar em funcionamento, até o final desta semana, 10 novos leitos de UTI, sendo sete neonatais e três pediátricos, para o atendimento de pacientes que apresentem a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), incluindo a Covid-19. 

Para tanto, além da troca do tanque de oxigênio, a unidade também foi equipada com 10 novos respiradores, 10 monitores multiparâmetro de sinais vitais, 40 bombas de infusão hospitalares, sete incubadoras e três camas pediátricas.  O suporte intensivo para crianças será o primeiro da VII Geres e será definitivos para a região. 

“Estamos muito felizes por viabilizar este novo tanque, com o dobro da capacidade de oxigênio para o Hospital Inácio de Sá. Isto vai permitir, nos próximos dias, a concretização de um projeto antigo para a região: a abertura de 10 novos leitos de terapia intensiva na área pediátrica, o que vai qualificar muito a assistência no Sertão do Estado”, comemorou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

A Prefeitura Municipal do Salgueiro, através da Secretaria de Saúde, estará realizando no próximo sábado (25), o dia D para aplicação da …

O agronegócio brasileiro tem se destacado a cada ano, representando mais de 26% no PIB nacional e tendo exportado mais de US$ …

A Prefeitura de Verdejante por meio da Secretaria Municipal de Saúde continua com as orientações de atividades físicas. A prática de exercícios …

Rolar para cima