Mulher frita pênis do ex-marido após matá-lo; advogada alega legítima defesa

Uma mulher foi presa em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, suspeita de matar o ex-marido e fritar seu pênis em uma frigideira. O caso ocorreu nesta última segunda-feira (07), de acordo com o Uol. 

O portal revelou que os policias encontram a vítima morta, sem roupas e mutilada. A família da suspeita afirma que ela sofria agressões físicas e psicológicas por parte do ex-marido, e já havia denunciado ele à polícia.

O casal ficou junto por 10 anos e se separou em 2019. Contudo, os dois ainda se encontravam e eram pais de dois filhos. 

Na noite do crime, o ex-casal foi até uma lanchonete e houve uma discussão. Na ocasião, o ex-marido ficou raivoso e agrediu um filho do casal.

“A discussão continuou quando chegaram em casa e ele novamente, a ameaçou. Em um momento de descontrole, forte emoção e com medo de que ele atentasse contra a vida dela após diversas ameaças, ela acabou o matando”, afirmou a advogada Carla Policarpo, que representa a ex-mulher da vítima.

A irmã da vítima rejeita a tesa de legítima defesa e diz que o crime ocorreu por vingança de uma traição que o ex-marido teria praticado.

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

A Prefeitura Municipal do Salgueiro, através da Secretaria de Saúde, estará realizando no próximo sábado (25), o dia D para aplicação da …

O agronegócio brasileiro tem se destacado a cada ano, representando mais de 26% no PIB nacional e tendo exportado mais de US$ …

A Prefeitura de Verdejante por meio da Secretaria Municipal de Saúde continua com as orientações de atividades físicas. A prática de exercícios …

Rolar para cima