STF determina que Lava-Jato de Curitiba desbloqueie bens de Lula

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal determinou que  a 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pela Lava-Jato paranaense, desbloqueie os bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O julgamento aconteceu no plenário virtual.

Nesta sexta-feira, o ministro Kassio Nunes Marques proferiu seu voto a favor do petista, na mesma direção dos ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. O relator do caso, o ministro Edson Fachin, votou pela manutenção do bloqueio e ficou vencido. 

Nunes Marques entendeu que a maioria do STF decidiu pela nulidade das decisões da   13ª Vara Federal de Curitiba relacionadas a Lula e, por isso, o juiz Luiz Antonio Bonat não poderia ter mantido o bloqueio dos bens do petista. A decisão engloba todos os bens que estão em nome de Lula e de sua esposa, Dona Marisa, que morreu em 2017. 

“Como a questão foi amplamente discutida em recente decisão pelo Plenário desta Corte, não vejo motivo para a adoção de entendimento diverso, sob pena de violar o princípio da colegialidade e instaurar um clima de instabilidade aos jurisdicionados, de todo indesejável e violador da segurança jurídica que se espera do Supremo Tribunal Federal”, escreveu Nunes Marques.

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

Nesta segunda-feira (24), a Prefeitura de Verdejante publicou edital de convocação dos concursados para diversas áreas na educação. Os convocados foram aprovados …

Continuamos cuidando de todas as unidades escolares para receber nossos estudantes para este ano Letivo. As aulas começam no dia 21 de …

O prefeito da cidade de Parnamirim-PE, Nininho Carvalho, recebeu diretamente das mãos do presidente da Revista Total, Marcelo Mesquita, o troféu que elege …

Rolar para cima