Verdejante – Prefeito e vice emitem nota após justiça pedir cassação de seus diplomas

A oposição do prefeito de Verdejante, Haroldo Tavares, comemora investigação da justiça eleitoral que pede cassação do diploma do prefeito, do vice e do vereador João de Santinha.

A sentença publicada, nesta sexta-feira, não afasta os envolvidos e cabe recurso. Recurso esse que deve ser apresentado nós próximos dias, deve reverter o caso como favorável apara os acusados.

Segundo os advogados, a acusação não faz sentido e foram registrados sem provas.

As acusações são referentes a compra de votos e uso do poder público na campanha de 2020.

Em nota o prefeito e o vice dizem acreditar na justiça e afirmam a inexistência de qualquer prova que os condenem. Veja a nota abaixo:

NOTA À IMPRENSA

O prefeito e o vice-prefeito do município de Verdejante, eleitos de forma democrática e legítima pela população, recebem com tranquilidade a respeitosa decisão exarada pelo juízo eleitoral e interporá oportunamente seu recurso para o Tribunal Regional Eleitoral.

Acreditamos que a decisão será reformada pela corte eleitoral uma vez inexiste qualquer prova de abuso de poder seja na modalidade econômica seja na modalidade política, deixando o assunto para ser tratado unicamente na esfera judicial.

O chamado “jus sperniando” é livre e confiamos que ao final a justifica e a vontade popular prevalecerá.

HAROLDO TAVARES
Prefeito

DORIVAL GONDIM
Vice-prefeito

Deixe aqui seu comentário ...

Outras postagens

Continuamos cuidando de todas as unidades escolares para receber nossos estudantes para este ano Letivo. As aulas começam no dia 21 de …

O prefeito da cidade de Parnamirim-PE, Nininho Carvalho, recebeu diretamente das mãos do presidente da Revista Total, Marcelo Mesquita, o troféu que elege …

Policiais militares do 20º BPM apreenderam três adolescentes, no final da noite deste domingo (23/01), no bairro de Penedo, em São Lourenço …

Rolar para cima